De um lado, um grande festival de jazz que reúne grande nomes do ritmo na capital paulista. De outro lado, uma grande campanha que leva conscientização e informação sobre a importância dos homens cuidarem de sua saúde. Esta união promove uma parceria para ampliar a divulgação das ações da campanha Barba, Bigode e Saúde do Instituto Vencer o Câncer.

“Essa parceria é de extrema importância. A população tem carência de informações e isso leva a situações ruins, como um câncer progressivo que poderia ser evitado se descoberto logo”, destaca Eduardo Martins, diretor-geral do São Paulo Jazz Festival. “Também somos uma ONG sem fins lucrativos, como o instituto; levamos cultura para as pessoas. E uma mensagem positiva como a do Vencer o Câncer nós temos interesse de divulgar e levar ao nosso público”.

Ele acredita que toda oportunidade para a pessoa se informar é positiva, ainda mais quando se tata de cuidar da saúde. “O jazz, a música, acaba servindo como um imã positivo. Nosso intuito é levar música e informação positiva para todos”, afirma Martins.

O São Paulo Jazz Festival é inspirado nas edições de festivais de música que acontecem anualmente há décadas em cidades da Europa e dos EUA.

A edição 2017 será de 23 a 25 de novembro. O bar Ao Vivo Music (espaço 1) recebe as apresentações musicais de Carlos Ezequiel, Vinicius Gomes, Bruno Tessele Quinteto, Wilcox Quarteto, Leandro Cabral e Lupa Santiago. Já no palco da Unibes Cultural (espaço 2) acontecem apresentações tributos a três grandes nomes do Jazz mundial: Herbie Hancock, Thelonious Monk e Miles Davis.

Quem for assistir aos shows realizados no Ao Vivo Music vai encontrar os porta-copos da campanha Barba, Bigode e Saúde, lembrando que cuidar da saúde deve ser prioridade.