Programação

PROGRAMAÇÃO 2017

 

  • 23/11 – Espaço 1 – 21:00hs Carlos Ezequiel – 22:30hs Vinicius Gomes Quinteto
  • 24/11 – Espaço 1 – 21:00hs Bruno Tessele Quinteto – 22:30hs Igor Willcox Quartet
  • 25/11 – Espaço 1 – 21:00hs Leandro Cabral – 22:30hs Lupa Santiago Quarteto
  • 23/11 – Espaço 2 – 20hs Tributo a Herbie Hanconk
  • 24/11 – Espaço 2 – 20hs Tributo a Thelonious Monk
  • 25/11 – Espaço 2 – 20hs Tributo a Miles Davis

 

São Paulo  Jazz Festival 2017 – 23 a 25 de novembro

Espaço 1: Ao Vivo Music Bar – Rua Inhambu, 229 – Bairro Moema – (mesas e cadeiras)

Espaço 2: Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2500 – Bairro Sumaré – (teatro / auditório)

Ingressos já disponíveis, clique aqui !


Carlos Ezequiel – 23/11 – Espaço 1 – 21:00hs

 

Carlos Ezequiel é baterista, compositor e produtor musical. Com mais de 20 anos de carreira, está lançando seu novo CD “Circular”, apresentando composições que reúnem referências que vão do Jazz, à Música Brasileira contemporânea.

Natural de Maceió, Carlos residiu nos EUA nos anos 90. De volta ao Brasil em 2000, foi indicado aos prêmios Visa e Grammy Latino.

Já se apresentou na Coreia do Sul, Finlândia, Irlanda, Suíça, França, Holanda, EUA e América do Sul.


Vinicius Gomes Quinteto- 23/11 – Espaço 1 – 22:30hs

Guitarrista, violonista e compositor, lançou em 2017 seu primeiro álbum inteiramente autoral, “Resiliência”, dedicado a fundir o universo brasileiro ao jazz moderno.

Tem se apresentado com importantes compositores e intérpretes, como Zizi Possi (com quem atua como guitarrista e arranjador), Rosa Passos, Jane Duboc. Também tem trabalhado com orquestras como OSESP e Jazz Sinfônica de SP.


Bruno Tessele Quinteto – 24/11 – Espaço 1 – 21:00hs

Bruno Tessele lançou seu primeiro disco autoral, intitulado “Adelante”. É Bacharel em música (composição) pela Faculdade Souza Lima e estudou como aluno bolsista na Berklee College of Music (Boston – EUA).

Atualmente toca com Michel Leme, Marcos Paiva, grupo Cosmopolita, o duo UsB, Jorginho Neto Sexteto, e também faz parte do quarteto liderado por Ricardo Castellanos na casa “Café Society” em São Paulo. Além disso, mantém seus próprios projetos: Bronco Trio (com composições do baterista que misturam rock, hard-core, jazz e outras influências); Bruno Tessele Quinteto.

Fez parte da banda dos musicais “Elis Regina: Elis – A Musical”, “Milton Nascimento – Nada Será Como Antes” e “Chacrinha – O Musical”.


Igor Willcox Quartet – 24/11 – Espaço 1 – 22:30hs

Descende de várias gerações de músicos, teve como maior influência seu pai, Paulo César Willcox (maestro e arranjador, pianista e vibrafonista), e sua mãe, Sonia Willcox (cantora). Começou a tocar bateria aos 14 anos, tendo como seus professores os bateristas Alexandre Faccas e o suíço Jojo Mayer.

Igor tocou e gravou com importantes artistas da cena nacional e internacional como: Jimmie Bo Horn, Guilherme Arantes, Família Lima e Sandy & Junior, Anitta, Daniela Mercury, Patrícia Marx, Rappin Hood, Fernanda Porto, Frejat, Banda Sta Maria, Camille Bertault, Gary Brown, Kenny Brown, Placa Luminosa, entre outros artistas.

Acabou de lançar seu primeiro álbum e playjalong como artista solo, intitulado #1. O cd conta com as participações de Bocato, Carlos Tomati, Vini Morales, Clayton Sousa, Glecio Nascimento, Rubem Farias, Bruno Alves, Erik Escobar, Jj Frannco, Fernando Rosa e Marcus Cesar.


Leandro Cabral – 25/11 – Espaço 1 – 21:00hs

Pianista, compositor, arranjador e educador, Leandro é um jovem músico de São Paulo destaque em sua geração. Em dezembro de 2016 apresentou seu segundo álbum “Alfa”. Lançado pela Universal Music, se tornou o primeiro artista de jazz no Brasil da major.

Leciona no prestigiado Conservatório Souza Lima, ministra workshops e cursos abordando Jazz, Música Brasileira e Consciência Corporal, se valendo de sua experiência em Hatha Yoga

Atualmente, colabora em variados projetos tocando em inúmeros festivais de jazz pelo Brasil e exterior, tais como Ed Motta, Lupa Santiago Quartet, Deep Funk Session, Lourenço Rebetez, Daniel de Paula e a Irmandade, além de seu Trio, Grupo e Piano Solo.


Lupa Santiago – 25/11 – Espaço 1 – 22:30hs

Guitarrista, compositor e professor Lupa Santiago se apresentou e gravou com diversos artistas internacionais de Jazz no Brasil, e em turnês na Europa.

Com 17 CD’s lançados como líder em seus grupos, sendo 5 gravados e lançados no exterior, além de participação em cd´s de outros artistas. Seu primeiro recebeu indicação para o Grammy Latino.

Lupa Santiago fez mestrado no Boston Conservatory e Berklee College Of Music formou-se pela Berklee College Of Music e graduou-se pelo Musicians Institute (GIT/Los Angeles). Recebeu, por duas vezes, o prêmio Best Of Berklee (1998 e 2000), eleito em 2009 e re eleito em 2014 membro da diretoria do IASJ (International Association of Schools of Jazz).


Tributo a Herbie Hancock – 23/11 – Espaço 2 – 20:00hs

Herbie Hancock é um pianista e compositor norte-americano, considerado um dos mestres do jazz ainda vivo. Com uma carreira ilustre que abrange cinco décadas e 14 Grammy Awards, ele continua a surpreender o público em todo o mundo.
Existem poucos artistas na indústria da música que tiveram mais influência no jazz acústico e eletrônico e R & B do que Herbie Hancock. Como o imortal Miles Davis disse em sua autobiografia, “Herbie foi o passo após Bud Powell e Thelonious Monk, e ainda não ouvi ninguém que veio depois dele”.O Tributo a Herbie Hancock será interpretado pelos músicos Nino Nascimento, Davi Sansão e Jônatas Sansão.


Tributo a Thelonious Monk – 24/11 – Espaço 2 – 20:00hs

Thelonious Monk foi um pianista único, e considerado um dos mais importantes músicos do Jazz. Monk tinha um estilo único de improvisar e tocar. Era famoso por seus improvisos de poucas e boas notas. Monk influenciou muitos músicos jazz dos anos ’60, como John Coltrane, Ornette Coleman, Sonny Rollins e Eric Dolphy.

Monk sofreu um AVC e morreu em 17 de fevereiro de 1982. Em 1993 foi agraciado, postumamente, com o Grammy Lifetime Achievement Award. Em 2006, Monk foi laureado com o Prémio Pulitzer de Música.

O Tributo a Thelonious Monk será interpretado pelos músicos: Pepe Cizneros, Wilson Teixeira, Sidel Vieira e Cuca Teixeira.


Tributo a Miles Davis – 25/11 – Espaço 2 – 20:00hs

Miles Dewey Davis III (1926 – 1991) foi um trompetista, compositor e bandleader de jazz norte-americano. Ele é uma das figuras mais influentes e aclamadas da história do jazz e da música do século XX.

Davis esteve na vanguarda do jazz. Kind of Blue, seu álbum mais conhecido, é também reconhecido por muitos fãs, críticos e ouvintes de jazz como o maior álbum de jazz de todos os tempos,Kind of Blue tem sido citado como o álbum de Miles Davis mais vendido da sua carreira, bem como o álbum de jazz mais vendido da história.

O Tributo a Miles Davis será interpretado pelos músicos Maycon Mesquita, Cuca Teixeira, Marcelo Jesuino e Carlinhos Noronha.


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+